Total de visualizações de página

"O GUARDADOR DE REBANHOS" ALBERTO CAEIRO


(...)Pensar incomoda como andar à chuva
Quando o vento cresce e parece que chove mais.


(...)Amar é a eterna inocência,
E a única inocência é não pensar...

antoniopais1.blogspot.com

!-- Facebook Badge START -->Antonio Pais

HUMANA

HUMANA
ESCOLHI-TE COMO A IMAGEM DE TODAS AS PESSOAS QUE TÊM SIDO A RAZÃO DA MINHA NAVEGAÇÃO NA BLOGOSFERA

ANTÓNIO PAIS

A inocência de um escritor-menino...

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

QUAL DE NÓS ENLOUQUECEU?

Dedicado à mãe dos meus filhos, pessoa a quem não guardo rancor nenhum, muito pelo contrário, desejo-lhe o melhor.
Sei estar doente - mas sempre a labutar arduamente - e aquilo que vivemos juntos aliado ao facto de ser uma mãe extremosa e um ser humano exemplar, obrigam-me a publicar as palavras que permaneciam escondidas na memória desde o divórcio em 2003.
*
Após tanto tempo não sei o que nos aconteceu
Ou foste tu ou fui eu quem afinal enlouqueceu?
*
Sempre pensei viver o resto breve dos meus dias
Contigo! Sempre te amei mas tu não o percebias
*
E sinto a falta do teu corpo à hora de me deitar
E perco-te nos meus sonhos à hora de despertar
*
Meus sonhos teimosos não têm a ver com o real
Pois quando acordo tu não estás e sinto-me tão mal
*
Os filhos não são homens; sonho-os sempre meninos
E eles não merecem sofrer com imbecis desatinos
*
A luz da cabeceira e a TV sempre acesas estão
E só durmo à força de cápsulas para a depressão
*
Orgulho-me de ti: Mulher-Mãe-Coragem-Sofredora
Sinto-me inútil, fraco. Tu, tu és uma lutadora!
*
Após tanto tempo não sei o que nos aconteceu
Ou foste tu ou fui eu quem afinal enlouqueceu?

21 comentários:

Artista Maldito disse...

António

É comovedor, de tal modo que me vejo à procura das palavras certas para dizer atabalhoadamente que o António surpreende, mostrando a força e a vontade de continuar, lutando à sua maneira, pela vida. Também é um homem de coragem ao escrever sobre o seu passado, perdoando, amando. Transformá-lo em versos é redimir todos os desatinos e desencontros. Força e prossiga, porque merece ser feliz.

Gostaria de me expressar melhor, mas neste momento é tudo quanto posso dizer. Ainda tem muito para dar aos outros e a si mesmo.

Um beijinho cheio de carinho,
Isabel

BC disse...

Resolvi não comentar ninguém, nem escrever, não me apetece muito e estou com outras prioridades, mas eis que chego aqui e vejo estas palavras.

Fiquei boqueaberta, porque não é fácil a um homem assumir publicamente que ainda sente algo, ou muito pela mãe dos seus filhos ou que a ama!
Parabéns António pela coragem, pela delicadeza e como diz a Isabel
que mais posso dizer!!!
Beijo
ISABEL

Poesias e Canções disse...

Não há o que se comentar...faltam-me as palavras;já que imagino o que sentes;pois meu pai é também Antônio que apesar de ter casado de novo e de ter e sofre ainda hoje com a separação; assim como minha mãe que orgulhosa e bem sei que tem suas razões não volta atrás em suas convicções...
apenas pergunto e não precisa responder-me :Já disse essas lindas coisas a ela?
Ou espera que chegue através de outrem?
Perdoe-me tudo isso;mas desejo-lhe felicidade e acredito em Deus que sempre é tempo de recomeçar!Principalmente quando não acabou!
Um abraço com carinho;
Adriana

Poesias e Canções disse...

Descupe-me é que não terminei...é que quando vim aqui tinha acabado de escrever algo a respeito da separação de meus pais...Interessante não?Está em meu blog!

Meus Netos...Minha Fortuna!!! disse...

Querido amigo António
Conseguiu comover-me até ás lágrimas, com este lindissimo poema dedicado á mulher que tanto amou (ama...)mãe dos seus filhos e certamente companheira de bons e maus momentos!

São momentos como estes, lindos, que vale a pena partilhar e pensar que a esperança é a última a morrer!
Para ela as melhoras!
Para si um grande abraço, e o meu aplauso, pela coragem demonstrada!
Vóvó Cassilda

Verdinha disse...

Caro António,
É com estes palavras escritas à tua ex-mulher que descubro a tua personalidade : um homem que respeita as mulheres, que ama os filhos, que tem a coragem de revelar os seus sentimentos, que não nutre rancor, que reconhece as suas fraquezas e que se preocupa com os outros.
Mereces encontrar a felicidade !
Beijinhos verdinhos de esperança para encontrares a mulher que te compreenderá e te tornará feliz !

BC disse...

Vim dar um olá carinhoso e perguntar se está zangado comigo António, não tem aparecido, mas eu agora também vou andar mais ausente da blogosfera.
Beijo
Isabel

Poesias e Canções disse...

Não importa quem enlouqueceu!
Talvez sejam os dois ou nenhum!
O que importa é que sempre é tempo de recomeçar e ser feliz ,apesar de...
Oro por ti;para que te encontres e encontres tudo o que se perdeu!
Deus te abençoe!

Artista Maldito disse...

Bom-Dia António

Venho com o despertar da aurora. Não quero deixar para logo o abraço que aqui lhe deixo,um abraço de profunda estima e admiração.

A Aurora distribui pétalas de rosa perfumadas, eu pétalas de cor e luz.

BACCI
Isabel

ematejoca disse...

Meu caro António:
Só venho aqui para lhe desejar as melhoras.
Volto depois do almoco.

Sam disse...

Olá António!
Lindo teu poema. É pena que os amores de hoje em dia estão se tornando efêmeros.

Beijos

Carmen disse...

Boa noite António,

Continua a escrever lindamente sobre assuntos tão profundos.
Adorei.
Passei apenas para lhe deixar um beijinho e para lhe dizer que apesar de não comentar com a frequência que gostaria, sigo atentamenta o tentativaspoematicas. E não são tentativas, são verdadeiras poesias.

Boa semana,
Carmen

Osvaldo disse...

Caro António;
Antes de mais, os meus agradecimentos pelos votos de feliz aniversário que me enviou...

E que maneira mais profunda de descobrir o blog do António,... com um post, de dor de imcompreensão mas de muito amor. Sim, de amor porque por mais dor que este possa causar, o amor restará sempre AMOR.

"Qual dos dois enlouqueceu?",... nenhum nem ninguém porque quando o amor é intenso pode levar à loucura. Por vezes dôce loucura que quando não bem dosada, pode-se tornar em "Louco Amor"... Será que não seria este o momento certo de pegar o telefone e lhe perguntar; "Como vai você?!..."

Acredite, caro António, que por vezes a resolução das imcompreensões está num pequeno gesto que um telefone pode resolver.

Não está preparado?...
Se puder, escute um pouco de música antes, uma bela canção, que até poderia ser uma canção de amor, por exemplo Roberto Carlos com a canção "Como vai você?",... depois pegue o telefone e... vai ver que fará bem a um e talvez muito bem aos dois!...

Um grande abraço, amigo António

ematejoca disse...

Meu caro António:
Li "Qual de nós enlouqueceu" e acho muito corajoso da sua parte escrever um texto destes.

Se souber alguma coisa da nossa amiga, por favor, diga-me alguma coisa.

É incrível gostar-se de pessoas que nunca vimos. O ser humano é um mistério...

ematejoca disse...

Estou-lhe muito grata pelas suas notícias, meu caro António.
Antes de me deitar volto aqui outra vez.

Um abraco de Düsseldorf!

ematejoca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
BANDEIRAS disse...

Antônio,

Separação é algo muito complicado.
Mas vc conseguiu passar por isso com muita sabedoria. Boa sorte,

Bjs

direitinho disse...

Mais um poema nascido de dentro e com muito sofrimento à mistura.
Essas coisas acontecem e se conseguissemos canta-las, como fez e nos mostrou, este mundo seria melhor pois do seu interior saiem rosas de verdade e de procura de amor e paz.
Um abraço de solidariedade.

Dani disse...

Oi António! Que felicidade a minha ao ver que você esteve novamente no meu cantinho... a ainda mais, passou a acompanhar meu blog!! Obrigada mesmo! E... continue sentindo-se à vontade!
Sobre esse texto... fico até sem palavras... me tocou fundo, sabe? Pela tua verdade, pelo cuidado de cada palavra... pela beleza nos mínimos detalhes... pela intensidade dos sentimentos...
Parabéns!!!
Beijosssssss

BIA disse...

Que lindo!

Profundamente sensibilizante. Toca-me tão forte e tão fundo porque também passei por algo idêntico...
A senhora mãe dos seus filhos saberá apreciar o seu belo gesto, estou certa!

Mais não digo, apenas que a minha admiração pelo ser humano que revela ser aumenta a cada vez que o leio e vislumbro a essência que emana de si!

Abraço muito amigo e terno


BIA

Vap disse...

Sabe estar doente?
A mãe dos seus filhos?
Então porque não a visita?
Aproveite e leve-lhe o poema, embrulhado em papel de presente!
Um abraço.

digital clock


Myspace Clocks, Digital Clocks at WishAFriend.com

LISTA COM ALGUMA MÚSICA PREFERIDA


MusicPlaylistRingtones
Create a playlist at MixPod.com

Pesquisar este blog

Carregando...

STATCOUNTER

ESTES PRÉMIOS/SELINHOS FORAM ELABORADOS PARA OFERECER A TODOS OS QUE FAZEM O FAVOR DE ME VISITAREM

ESTES PRÉMIOS/SELINHOS FORAM ELABORADOS PARA OFERECER A TODOS OS QUE FAZEM O FAVOR DE ME VISITAREM

OS PRÉMIOS/SELINHOS QUE TIVERAM A GENTILEZA DE ME OFERECEREM

OS PRÉMIOS/SELINHOS QUE TIVERAM A GENTILEZA DE ME OFERECEREM
ESTÃO A SER TRANSPORTADOS PARA O "TENTATIVAS II"

A NOSSA AMIGA ADRIANA MARQUES. LINDA!!!

DO BLOGUE DA SONIA SILVINO

Create your own banner at mybannermaker.com!

OBRIGADO E PARABÉNS MARINEIDE

PARABÉNS ODETE DAN

PARABÉNS ODETE DAN
MUITAS FELICIDADES

OBRIGADO MARINEIDE DAN RIBEIRO

OBRIGADO MARINEIDE DAN RIBEIRO
Oferta gentil de http://gregapoemas.blogspot.com

DA LINDA POETISA E AMIGA MARI AMORIM

DA LINDA POETISA E AMIGA MARI AMORIM
Muito obrigado, linda Mari

Minha lista de blogs

Quem sou eu

Minha foto
Já lá vai o tempo do "Currículo"... Espiritualista (estudioso, mas não fanático). Voluntariado