Total de visualizações de página

"O GUARDADOR DE REBANHOS" ALBERTO CAEIRO


(...)Pensar incomoda como andar à chuva
Quando o vento cresce e parece que chove mais.


(...)Amar é a eterna inocência,
E a única inocência é não pensar...

antoniopais1.blogspot.com

!-- Facebook Badge START -->Antonio Pais

HUMANA

HUMANA
ESCOLHI-TE COMO A IMAGEM DE TODAS AS PESSOAS QUE TÊM SIDO A RAZÃO DA MINHA NAVEGAÇÃO NA BLOGOSFERA

ANTÓNIO PAIS

A inocência de um escritor-menino...

sexta-feira, 1 de maio de 2009

O SOL VOLTOU A NASCER NA CORNUALHA



ARTISTA MALDITO VOLTOU! _ NASCEU O SOL NA CORNUALHA
.
Parabéns Isabel pela tua coragem!
.
.
Valeu a pena ter nascido
só p' ra te ter conhecido...
.
o que sinto por ti
é indescritível
não me interessa saber,
não quero, não desejo,
é absurdo, patético,
se sentes um milésimo
em relação a mim
ser ou não ser
correspondido
não me atormenta
.
Amo o Sol e a Neve
o Céu e o Mar
as Estrelas e as Flores
e não me incomodo
se sou correspondido
.
Porque haveria então
de me preocupar contigo?
Em ti condenso
todas as maravilhas
do Universo
.
Sou feliz por acreditar
que esse Sol e a Neve
o Céu e o Mar
as Estrelas e as Flores
também existem p' ra mim
sou feliz por acreditar
e só apenas por isso
que acreditas em mim
.

22 comentários:

NO NAME disse...

Obrigada, António, por tanta delicadeza, por bater aí dentro um coração muito puro. Pela generosidade que faz parte de ti, muito obrigada.

Beijinho com carinho
Isabel

direitinho disse...

Caro Amigo, parabbéns por mais esta tentativa. Está bonito e parece que você procura mesmo esse amor para dar sentido à sua vida. Desta vez parece feliz e desprendido, vendo apenas o brilho do Sol. É maravilhoso estar apaixonado, nem que seja por uma causa que nos faça andar e procurar sempre mais e maiores razões desse nosso envolvimento.
Desejo que acabe por receber o prémio e que o saiba manter vivo e acarinha-lo por longos anos com saúde e qualidade de vida.

Caterina disse...

É meraviglioso questo post con la poesia accompagnata dall'immagine di Isabel e dall' Ave Maria di Boccelli.Tre capolavori insieme mi irradiano con la luce del Sole con la tenerezza. Lei ha un cuore riempito di amore profondo verso il mondo intorno.
Bacini con tanto affetto:
Kati

Fa menor disse...

Quando se acredita o sol sorri!

Bjs

MENSAGENS AO VENTO disse...

_________________________________

Que poema mais bonito em homenagem à Isabel! Gostei!!!

Saudades de você...


Beijos de luz e o meu carinho!

Zélia ( Mundo Azul)

Jonice disse...

Esse poema, além de belíssimo, toca-me a alma. Lá em meu blog, gosto de às vezes dizer em inglês o poema de alguém que o disse em português, e então publicar ambas as versões. Será que posso ter sua permissão para fazê-lo? Se sim, voltarei cá para copiá-lo, se não, não há com que preocupar-se.
Obrigada :)

Jonice disse...

Muito obrigada, António.

Tenha uma ótima semana!

Beijinho :)

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Oi, amigo:
Tristão e Isolda? Espero que vocês não tenham o mesmo fim. O seu poema é lindo e quando vi o título no Blog da Bandeiras, resolvi vir aqui e ver do que se tratava. AMOR.
Porque tenho um Blog chamado TRISTÃO E ISOLDA, que é a minha pesquisa há 2 anos. Acho que vc o conhece, pois se não me engano vc o segue.
Boa sorte na tentativa, amigo,
Renata

Laguardia disse...

Não sou jornalista nem escrito. Se quer escrevo bem. Sou aposentado. Meu imposto de renda é retido na fonte pelo INSS. Já nosso querido apedeuta tem sua receita de INSS como anistiado político acima do teto do INSS livre de IR.
Minha forma de lutar contra os desmandados implantados por este governo corrupto no Brasil é através de um blog http://brasillivreedemocrata.blogspot.com/
Gostaria de contar com a presença e dos comentários das pessoas de bem que não se conformam com a desonestidade, a falta de ética e a corrupção em nosso governo.
Um grande abraço

Laguardia disse...

Muito obrigado por seguir o blog Brasil Liberdade e Democracia.

Gostei muito do que vi em seu blog. Nos últimos três anos estive em Angola por quatro vezes, três em Luanda e uma vez em Calonda.

Gosto muito de história e gostaria de conhecer mais da história de Angola e das guerras que ocorreram lá

Na leitura de seu blog tenho uma idéia sem o matiz político do que aconteceu aquele povo.

Bem me quer Bem me quer... disse...

Oi...
Lindo este teu jeito de amar(sem cobrar nada do teu amor)quem ama não cobra,o amor liberta deixa livre...E tu mostras q ama de verdade, vc ama simples assim.Muito interessante tua forma de explicar este amor...Vc ama sem pedir...Simplesmente ama.

Abraços

Maria Dias

Maria Soledade disse...

Amigo António:Amar é isso mesmo.Dar, sem receber nada em troca.Claro que a recipocridade no amor implica felicidade completa mas, como diz o António há tanto e tanta coisa para amar...

está lindo o poema e a Isabel decerto que retribui todo o amor nele contido.

Desculpe só agora voltar a visitá-lo mas,sabe que a companhia permanente à minha Mãe me "rouba" muito tempo e a vontade de postar também não tem sido muita ou nenhuma...Neste momento da minha vida apenas consigo escrever com o coração na minha Mãe.Eu sei que o António me entende muito bem.

Beijinhos/Um grande beijinho à sua Mãe pelo seu dia.

Amora disse...

Que lindo, sempre muito bom ler seus versos. Alegram docemente meu dia. Obrigada.

mundo azul disse...

_________________________________


Relendo e deixando um beijo no desejo de um ÓTIMO DIA!


___________________________________

Poesias e Canções disse...

Vale a pena nascer,para ver nascendo o amor!
Lindíssimo poema!

Marta Vasil disse...

António

Ainda bem que o sol voltou a nascer na cornualha.

Ainda bem que o vim ler, acabadinha de sair do blogue da Isabel.
Ali entrei num brinde, aqui gostaria de ser eu a propor um brinde à grande amizade e ternura que esvoaça entre vocês e que é transparente nas vossas últimas publicações.

A minhas mãos não resistiram a transcrever o final do seu poema:

"Sou feliz por acreditar
que esse Sol e a Neve
o Céu e o Mar
as Estrelas e as Flores
também existem p' ra mim
sou feliz por acreditar
e só apenas por isso
que acreditas em mim" - e fico emudecida com a beleza destas palavras/sentires/olhares de vida.

Beijinho António

MV

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Meu amigo:
Gostaria muito que você fosse ao meu Feminina, que se não me engano vc segue, e pegasse os meus selos personalizados do Feminina e do Galeria.
Eu ficaria muito feliz.
Um beijo,
Renata

Cristiane Marino disse...

OI Antonio!

Linda homenagem! Seus escritos são belíssimos.

Tem selo no meu blog para vc!
Cris

ARTISTA MALDITO disse...

António, trago umas bolas de berlim, mas quentinhas do Natário, fazm crescer água na boca:)

Beijinhos com muita ternura
Isabel

ARTISTA MALDITO disse...

TCHÁN, TCHÁN!

Meu Querido António, tens um selinho lindo e com sotaque francês à tua espera:)

Beijoca
Isabel

Marta Vasil disse...

Deixei um selinho para si no meu blog.

Beijinho

MV

BIA disse...

Venho deixar um silencioso carinho...e saio, devagarinho.


É sempre lindo o Amor!



BIA

digital clock


Myspace Clocks, Digital Clocks at WishAFriend.com

LISTA COM ALGUMA MÚSICA PREFERIDA


MusicPlaylistRingtones
Create a playlist at MixPod.com

Pesquisar este blog

Carregando...

STATCOUNTER

ESTES PRÉMIOS/SELINHOS FORAM ELABORADOS PARA OFERECER A TODOS OS QUE FAZEM O FAVOR DE ME VISITAREM

ESTES PRÉMIOS/SELINHOS FORAM ELABORADOS PARA OFERECER A TODOS OS QUE FAZEM O FAVOR DE ME VISITAREM

OS PRÉMIOS/SELINHOS QUE TIVERAM A GENTILEZA DE ME OFERECEREM

OS PRÉMIOS/SELINHOS QUE TIVERAM A GENTILEZA DE ME OFERECEREM
ESTÃO A SER TRANSPORTADOS PARA O "TENTATIVAS II"

A NOSSA AMIGA ADRIANA MARQUES. LINDA!!!

DO BLOGUE DA SONIA SILVINO

Create your own banner at mybannermaker.com!

OBRIGADO E PARABÉNS MARINEIDE

PARABÉNS ODETE DAN

PARABÉNS ODETE DAN
MUITAS FELICIDADES

OBRIGADO MARINEIDE DAN RIBEIRO

OBRIGADO MARINEIDE DAN RIBEIRO
Oferta gentil de http://gregapoemas.blogspot.com

DA LINDA POETISA E AMIGA MARI AMORIM

DA LINDA POETISA E AMIGA MARI AMORIM
Muito obrigado, linda Mari

Minha lista de blogs

Quem sou eu

Minha foto
Já lá vai o tempo do "Currículo"... Espiritualista (estudioso, mas não fanático). Voluntariado