Total de visualizações de página

"O GUARDADOR DE REBANHOS" ALBERTO CAEIRO


(...)Pensar incomoda como andar à chuva
Quando o vento cresce e parece que chove mais.


(...)Amar é a eterna inocência,
E a única inocência é não pensar...

antoniopais1.blogspot.com

!-- Facebook Badge START -->Antonio Pais

HUMANA

HUMANA
ESCOLHI-TE COMO A IMAGEM DE TODAS AS PESSOAS QUE TÊM SIDO A RAZÃO DA MINHA NAVEGAÇÃO NA BLOGOSFERA

ANTÓNIO PAIS

A inocência de um escritor-menino...

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

PORCOS E SNOBS

Peça em dois Pulinhos e Saltinhos ao jeito de Bartolo Brecha
.
FICHA TÉCNICA
,
Senhor Engenheiro
Senhor Corruptor
Euzinho
etc.
.
I . Pulinho e Saltinho
.
São 14 horas dum dia de Verão do ano de 1988. Conduzo, como sempre, aceleradamente, a viatura que transporta o meu patrão: o Senhor Corruptor, até à Sede da Administração dos CTT, situada naquela altura na Rua de S. José, em Lisboa.
Fomos à procura do Senhor Engenheiro (administrador daquela instituição), um indivíduo na faixa etária dos sessenta, muito elegante e estimado pela sua verticalidade, honestidade, competência... O porteiro tirava sempre o boné e inclinava-se numa ridícula vénia sempre que o Senhor Engenheiro entrava ou saía daquelas instalações sumptuosas. À porta, estacionado quase sempre em segunda fila, o seu motorista, fardado de fato e gravata, usava também um boné, que retirava sempre que corria a abrir a porta da viatura, ajudando a ajeitar o casaco de linho do Senhor Engenheiro.
Porém, naquele dia, foi-nos dito que Sua Excelência, o Senhor Engenheiro, estava ausente.
O meu patrão, o Senhor Corruptor, entrou rapidamente na viatura, arregaçando as calças para não desfeiar a zona dos joelhos, esticou os punhos da camisa e ajeitou a gravata de seda, tudo adquirido na Loja das Meias. Aqueles gestos já constituíam um ritual.
- Euzinho, 'bora lá na gáspia para Campo de Ourique. Vamos passar pela casa do gajo. Talvez lá esteja.
- Então, Senhor Corruptor, vamos por onde? Julgo que o mais rápido, para fugirmos ao trânsito é...
- Euzinho!!! Olha em frente e acelera esta m.....!!!
Chegados a Campo de Ourique mandou-me parar em segunda fila, sobre a linha do eléctrico e esperar, saindo apressadamente.
- Euzinho, não desapareças daqui. Se passar algum carro eléctrico vais lá à frente e dás as voltinhas que forem necessárias.
E atirou com a porta, fechando-a com um pontapé.
.
II . Pulinho e Saltinho
.
Aguardei alguns minutos sem que um guarda-freio da Carris pisasse insistentemente com a botarra naquela peça metálica montada entre os seus pés provocando aquele trim-trim irritante.
Euzinho : Lá vem a besta! Foi rápido! O Senhor Engenheiro, provavelmente, não está em casa!
- Eh pá, nem me digas nada! Que bronca! Fui um empata! Vamos daqui p'ra fora, acelera, acelera que já te conto.
Tirou um cigarro do maço, atirando-o freneticamente para cima do tablier do carro, deu uma puxa bem puxadinha e, com um sorriso misto de indignação e contentamento lá me contou:
- Eh pá, tu nem imaginas! Aquele Senhor Engenheiro saíu-me um bom filho da mãe! Toquei a campaínha e passados uns instantes espreitou pelo "olhinho" da porta e, quando me viu, entreabriu-a. Estava despenteado, vestindo um pijama de seda com desenho japonês, levou o dedo indicador direito ao nariz, pedindo-me silêncio.
- Então, Senhor Engenheiro, estás doente? Eh pá, que chatice! E logo agora que a tua mulher e o teu filho estão em Londres!...
- Fala baixo, Corruptor. Tirei um dia de folga. Contratei, através dum anúncio de jornal, uma acompanhante boa com'ó milho... 'Tás a ver, não?
- Eh pá... mas... oh Senhor Engenheiro, não me digas que tiveste a coragem de levar a gaja para o quarto, para a cama onde dormes com a tua mulher!?
- Não, pá! Ia lá fazer uma coisa dessas! Julgas-me um depravado?
- Então, não me digas que estão no chão e a sujar um tapete persa!
- Qual o quê? Estou no quarto, mas no quarto do meu filho!!!
Cai a serapilheira

15 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, querido amigo*
Passo para agradecer-lhe a presença e apreciação neste ano, deixo os meus votos de Bom 2010, com amor, e saúde, e este meu soneto. A sua positividade, força, e tanto amor me encantam*

SONETO

Attendre Sans Espérer

Paul Verlaine


Os meus olhos teimavam em te ver:
Pois neles se gravara a tua imagem,
Para que não pudesse eu a esquecer,
E fui à tua espera ali na margem...


No coração pulsava este dever:
Esperar-te sozinha na passagem,
Mas se desesperava o meu querer,
Pois os meus olhos viam só miragens...


Então, a alma iludida o cultivou
Num jardim que do tempo o protegeu,
E a flor do sonho ao sol desabrochou...


Aquele amor-perfeito não morreu,
Porém, a alma, que só em ti pensou,
Das esperanças vãs, adoeceu...

Beijos a si e a Isabel,
Renata

manuela baptista disse...

António

fico contente por ter retomado as suas escritas, que leio sempre com prazer!

Desejo-lhe um Bom Ano de2010 com saúde.

Para si e para a Isabel um grande beijo

Manuela Baptista

Humana disse...

Pois como dizes, "Porcos e Snobs"!
Meu querido amigo, eu gosto sempre de te ler porque experimento aqui emoções diversas.O Ano está a acabar e espero um Ano de 2010 bem diferente para todos nós. Bem precisamos.
Um beijo enorme e diz à Isabel que nunca a esqueço.

direitinho disse...

Ó Tóino .... atãum....
Ficaste mas azedaste...?
Isso é que são pulos e saltinhos...

Gostei de ler e todos sabemos que no antigamente era assim = fingimento atrás de fingimento.
Mas hoje estamos na mesma e sempre lhes cabe aquele ditado:
« quem os conhecer que os compre »
Hipocrisia danada.
Ainda bem que voltaste e nunca te arrenpedas....=Há Home=

Caterina disse...

Querido António,
auguro per l'anno 2010 che i tuoi sogni e desideri si realizzino e che la mia dolce amica sofferente riabbia la salute.
Bacioni ad Isabellina e un grande abbraccio a Te.

Contracena disse...

Contracena disse...

Não resisto a escrever o que realmente penso!
De muito mau gosto, este "ANJO DO ORIENTE"!
Com que direito se escreve sobre a vida particular de outras pessoas?

"... Partilhando amizade - ou amor - em relação tão pura ?..."

O ponto e interrogação, tão feio!

25 de dezembro de 2009 12:14

-------------

Tentativas Poemáticas disse...

Contracena

Muito obrigado pelo seu comentário sincero. Eu também não resisto a escrever o que me vai na alma, sobretudo se entendo prestar homenagem a alguém que julgo merecer.
Navego na blogosfera há cerca de dois anos e tenho vindo a grangear amizades dada a minha frontalidade, chegando a expôr a minha vida particular.
Esta publicação foi feita com a autorização prévia da Isabelinha. Sem hipocrisias!
Há quem não entenda o verdadeiro significado da palavra AMOR.
Também vivi em quartos separados até que a mãe dos meus filhos me abandonou numa das piores fases da minha (nossa) vida. Ela está gravemente doente. Felizmente, não precisa dos meus cuidados, porém, caso precisasse eu não lhe negaria assistência e fá-lo-ia com AMOR, mesmo que as pessoas dissessem que era uma atitude FEIA.
Por isso encaro o comentário em que teve a gentileza e a franqueza de emitir a sua opinião válida, porque a respeito como um ser-humano sensível que sei que é.
E vou continuar a manter o meu blogue aberto, sem MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS.

Creia que a estimo, tal como a Isabelinha a estima.

Abraço
António

25 de dezembro de 2009 14:00

------------


Tentativas Poemáticas disse...

Sra. D. Licas

Então quer esta palhaçada dizer...

A Sra. D. Contracena, essa, embora o meu contra-comentário fosse duma gentileza que ela não merecia - foi hipócrita, sim! - atendendo ao sofrimento do qual se queixa constantemente (isto não é expôr a vida deixando os outros em suspense sem saberem quem afinal lhe morreu?). Bom, mas esta senhora procedeu como os namorados zangados: retirou-se de minha seguidora. Ora toma!...

28 de dezembro de 2009 05:24

------------

Contracena disse...

António, em primeiro lugar, quero desejar-lhe para o novo ano que se aproxima, o mesmo que desejo para mim:
- saúde;
- paz de espírito;
- sucesso profisional.

Entretanto, o António, em resposta a outra blogueira, na sua publicação anterior, refere-se à "Contracena".

Passo a citá-lo:

"...A Sra. D. Contracena, essa, embora o meu contra-comentário fosse duma gentileza que ela não merecia - foi hipócrita, sim! - atendendo ao sofrimento do qual se queixa constantemente (isto não é expôr a vida deixando os outros em suspense sem saberem quem afinal lhe morreu?). Bom, mas esta senhora procedeu como os namorados zangados: retirou-se de minha seguidora. Ora toma!..."

Apenas uma pergunta:

- onde e a quem constantemente me queixo?

Atentamente,
Fátima de Bastos Gonçalves

29 de dezembro de 2009 11:26

------------

Contracena disse...

Anyónio, não lhe perguntei, como sabe que alguém me morreu. O facto é, que o sabe. (todos os dias pessoas morrem. todos os dias pessoas nascem)

EU, não lhe dei autorização para escrever no seu blogue sobre algo que faz parte da minha vida pessoal!

Certa da sua melhor atenção,

Fátima de Bastos Gonçalves

29 de dezembro de 2009 12:04

Contracena disse...

Contracena disse...

António, li que respondeu à Teresa.

Em consciência, penso que tenho igualmente direito a respostas da sua parte.

Repito:
- onde e a quem constantemente me queixo?

- se não lhe dei autorização para escrever no seu blogue, algo que sabe, não por mim, e que faz parte da minha vida pessoal, porque o fez?

Pessoalmente, não falei, nem falarei à Isabel, absolutamente nada sobre este assunto. Para mim, seria uma atitude inconsequente. Eu gosto sinceramente da Isabel. A sua saúde preocupa-me. Estou atenta.

Com os meus cumprimentos,
Fátima de Bastos Gonçalves

P.S.: desejo as suas melhoras.

30 de dezembro de 2009 06:13

------------

Tentativas Poemáticas disse...

"Um dos paradoxos do nosso tempo reside no facto de serem os estúpidos os que têm a certeza, enquanto os que possuem imaginação e inteligência se debatem em dúvidas e indecisões" (Bertrand Russel). Gostei muito desta sua publicação.
Fatinha, acredite que a Isabelinha é muito discreta. Eu também. Só sei que ela desabafa consigo porque me disse sempre ser uma boa amiga, confiável. Ao saber disto julguei - erradamente - que uma boa amiga (comum) me poderia ajudar quando me debatia com dúvidas e indecisões. E isso só se pode fazer com alguém muito especial. Se eu precisava de desabafar e pedir conselhos escolhi-a, nessa altura, a si. Infelizmente fui mal entendido. A Fatinha zangou-se comigo, lembra-se? Foi muito dura, seca e insensível. Não a critico, porém, poderia ter sido mais compreensiva.
Não vamos mais "serrar a serradura", está bem?
Aquela publicação poderia tê-la discutido consigo e não a faria.
Descanse essa cabecinha. Eu vou tentar fazer o mesmo. A minha última publicação fi-la a pensar em si, por estar relacionada com teatro. É uma brincadeira, se bem que o tema seja bastante sério.
A história é verdadeira.
Abraço
António

30 de dezembro de 2009 08:44

------------

Contracena disse...

Boa noite. Cá estou eu, conforme lhe escrevi na publicação anterior, onde também tinha, o António, escrito a sua última "missiva", que igualmente trancrevi para aqui.

Também não gostaria de "serrar a serradura", expressão engraçada. Não conhecia.

Mas, para mim, existem "coisas", e tendo em conta a minha forma de ser/estar, que me é impossível "passar ao lado".

Esceve-me que a sua última publicação foi efectuada a pensar na minha pessoa, mas que foi brincadeira.

Há brincadeiras de muito mau gosto!!!

Não tenho adjectivo para adjectivar as pessoas que as fazem. E se as fazem, é porque gostam de as fazer, acho eu.

Talvez uma questão de carácter, não sei.

Diz-me que a Isabel me considera uma boa e confiável amiga. Isso, eu sei, e sei muito mais.
O António diz que sabe apenas isto.

Diz, que ao saber, do que acima está escrito, julgou que eu seria uma amiga "comum".

Diz que se enganou.

É verdade!

Eu, fui e sou amiga da Isabel!!!

Ao António, que me lembre, nunca lhe dei nenhum indício para que me considarasse sua amiga e muito menos para me escrever desabafos em comentários a não publicar.

Claro que me zanguei!

E tornei a ler hoje esse comentário e zanguei-me novamente!

Porque sou amiga da Isabel!!!

O que é que acontecia há uns meses atrás:

. a Isabel sentia-se feliz - eu ficava feliz por ela!

. a Isabel estava triste - eu sentia-me triste por ela!

Diz que é uma pessoa discreta.

Onde estão as respostas às minhas perguntas???

- onde e a quem constantemente me queixo?

- porque escreveu no seu blogue, sem minha autorização, algo que sabe, não por mim, mas que faz parte da minha vida particular???

Estas respostas, sim, pode enviá-las em comentário a não publicar, porque só a mim dizem respeito!!!
Seja discreto!!!

O António é uma homem de palavra. Não se esqueça:

"... E vou continuar a manter o meu blogue aberto, (não vejo motivo algum para que alguém feche os seu próprio blogue) sem MODERAÇÂO DE COMENTÁRIOS."

Aguardo as suas respostas!!! Apenas e só respeitantes à minha pessoa!!!

Fique bem.

Marta Vasil disse...

Querido amigo

Que o novo ano seja para ti uma porta aberta à concretização de sonhos e desejos.Transmite, por mim, à Isabelita estes desejos e dá-lhe um beijinho de grande ternura. Para ti outro.

MV

netuno artes disse...

Querido amigo,
espero que tenhas um Ano melhor, com menos preocupações e sofrimentos, muitas alegrias ,
um grande abraço,
do amigo brasileiro,

Teté disse...

Ah, fartei-me de rir com a história! (do post, entenda-se, que a outra dos quiproqós não percebi, nem quero!)

Infelizmente, esses snobs devassos ainda andam por aí, corruptos as always! Mas fazer o quê?!

Beijinhos para ti e para a Isabelinha (quando lhe puderes transmitir), desejando que 2010 seja um ano mais FELIZ que este e que a recuperação da nossa amiga seja um facto!

EternaApaixonada disse...

Amigo do coração
Que tenha uma linda passagem de ano, junto aos seus familiares.
Feliz 2010!
Um beijo para você e Izabel

Caterina disse...

Querido António,
buon primo giorno dell'anno 2010 con l'anima pacifica. (non capisco esattamente la discussione, ma penso che sia meglio metterla da parte pensando ad Isabel che soffre ed avrebbe bisogno di pace ed aiuto almeno spiritualmente)
Un grande abbraccio a te ed Isabel

Maria Letra disse...

Um Novo Ano acabou de chegar e já lá vai um dia que, nem sempre, correu bem a todos.
É numa posição de amiga virtual - e apenas nessa - que gostaria de deixar aqui os meus mais sinceros votos de melhores dias, para o António e para a Isabelinha, sendo esta querida Senhora a que precisará mais, neste momento, da Paz e da Saúde que poderão fazê-la continuar a lutar por viver. Estou com ela em pensamento e desejo-lhe, do fundo do meu coração, a recuperação da sua saúde.
UM MELHOR ANO e MUITA SERENIDADE AOS DOIS.

AFRICA EM POESIA disse...

COM UM BEIJO e FELIZ ANO NOVO


TOC-TOC-TOC...

Os camelos caminham ...
Pelo deserto ...
Com rumo certo ...
São apenas três
Transportam os Reis Magos ...


Gaspar ...

Belchior ...

Baltazar ...


Levam os presentes
Ouro Incenso e Mirra ...
Em nome do mundo ...
Em nome dos Homens ...
Presentes que simbolizam ...


Paz ...

Harmonia ...

Bondade ...

Verdade ...

Justiça ...

E tantos valores ...


E Jesus pequenino ...
Com os bracinhos estendidos ...
Agradecee e guarda-os no coração
Com a certeza...
Que os Homens...

O vão adorar ...
Mas muitas vezes ...
Estarão prontos...
Para o maltratar!...



LILI LARANJO

digital clock


Myspace Clocks, Digital Clocks at WishAFriend.com

LISTA COM ALGUMA MÚSICA PREFERIDA


MusicPlaylistRingtones
Create a playlist at MixPod.com

Pesquisar este blog

Carregando...

STATCOUNTER

ESTES PRÉMIOS/SELINHOS FORAM ELABORADOS PARA OFERECER A TODOS OS QUE FAZEM O FAVOR DE ME VISITAREM

ESTES PRÉMIOS/SELINHOS FORAM ELABORADOS PARA OFERECER A TODOS OS QUE FAZEM O FAVOR DE ME VISITAREM

OS PRÉMIOS/SELINHOS QUE TIVERAM A GENTILEZA DE ME OFERECEREM

OS PRÉMIOS/SELINHOS QUE TIVERAM A GENTILEZA DE ME OFERECEREM
ESTÃO A SER TRANSPORTADOS PARA O "TENTATIVAS II"

A NOSSA AMIGA ADRIANA MARQUES. LINDA!!!

DO BLOGUE DA SONIA SILVINO

Create your own banner at mybannermaker.com!

OBRIGADO E PARABÉNS MARINEIDE

PARABÉNS ODETE DAN

PARABÉNS ODETE DAN
MUITAS FELICIDADES

OBRIGADO MARINEIDE DAN RIBEIRO

OBRIGADO MARINEIDE DAN RIBEIRO
Oferta gentil de http://gregapoemas.blogspot.com

DA LINDA POETISA E AMIGA MARI AMORIM

DA LINDA POETISA E AMIGA MARI AMORIM
Muito obrigado, linda Mari

Minha lista de blogs

Quem sou eu

Minha foto
Já lá vai o tempo do "Currículo"... Espiritualista (estudioso, mas não fanático). Voluntariado