Total de visualizações de página

"O GUARDADOR DE REBANHOS" ALBERTO CAEIRO


(...)Pensar incomoda como andar à chuva
Quando o vento cresce e parece que chove mais.


(...)Amar é a eterna inocência,
E a única inocência é não pensar...

antoniopais1.blogspot.com

!-- Facebook Badge START -->Antonio Pais

HUMANA

HUMANA
ESCOLHI-TE COMO A IMAGEM DE TODAS AS PESSOAS QUE TÊM SIDO A RAZÃO DA MINHA NAVEGAÇÃO NA BLOGOSFERA

ANTÓNIO PAIS

A inocência de um escritor-menino...

sábado, 17 de outubro de 2009

OUTROS TEMPOS / OS MESMOS GESTOS

(Imagem criada por Isabel Lassuta Monteverde)
.
PÓ DE AMOR
.
Lanço confiante ao vento o pó do amor
Esperando que volte vitaminado e assente
Pulvilhando energias cósmicas na tua dor
Pois não suporto mais ver-te assim doente
.
Amor tão jovem traiçoeiramente ameaçado
Que o pó da esperança decerto abençoará
E cautelosos iremos segurá-lo enlatado
Pois nem a memória nunca nunca o soprará
.
Com este pó d' amor que é único me inebriei
Levado ao êxtase que contigo compartilhei
Vou esperar com Fé na tua breve recuperação
.
Embrenhar-nos-mos nele até ao Infinito
Sim, sim, meu amor, é nisto que acredito
Neste pó que é também semente da paixão.
.
(publicação extraída do blogue POUDRE D'OR em parceria com TENTATIVASPOEMATICAS)
***
**
*
Amarelada, poeirenta, com algumas palavras ilegíveis nas dobras, o documento abaixo, datado de 21 de Abril de 1947, faz parte da herança material que me deixou a minha saudosa mãe. Trata-se duma carta com 4 páginas, com quadras, dedicadas pelo meu pai à minha mãe, que na altura se encontrava doente, com a chamada "febre reumática".
Não existia a liberdade de expressão de que gozamos hoje, daí o seu interesse, assim como pelo facto de também eu hoje estar a versejar e a desejar as melhoras à minha amada.
Foram outros tempos mas os gestos são os mesmos.
Versos de "10 Quadras" de Profundo Amor
.
I
Fernanda para mim é um nome
que me dá satisfação
Pouco a pouco se penetra
no fundo do meu coração
II
Não posso esquecer esse nome
é certo digo; e não minto.
pois é verdade acredita
Digo isto, é porque sinto
III
Sinto e d'onde sentirei
foi coisa que nunca senti
meu coração só está bem
quando está junto de ti
IV
Considerava-me feliz
e amava-te com mais fervor
sabendo que tu não tinhas
longe um verdadeiro amôr
V
Não sei para que o amôr
Nos tem tanto rodeado
para no fim disto tudo
partir um para cada lado
VI
Tenho tido tantas aves
é certo; e eu já previ
nunca lhes tive tanto amôr
como tenho tido por ti.
VII
Se não fôsse o amôr que tu tens
com lealdade te digo
houvesse pois, o que houvesse
tinhas que casar comigo.
VIII
Sei que és comprometida
com alma fé e primôr
confesso digo não minto
que te tenho muito amôr
IX
Se queres saber que te amo
com todo amôr e brazão
põe teu ouvido no meu peito
e ouve meu coração.
X
Escuta-o com amizade
com amôr e devoção
pelas pancadas que ele der
verás se te tenho amôr ou não.
-.-
Com esta quadra termino
um sonho que tu devóras
já é ser muito amiguinho
desejando-te as melhóras.
.
Dêste teu estimado
.
Mário Manuel Pais
.
Praça da Figueira (Lisboa) em 1947
.
Eventos no ano de 1947
25 de Fevereiro - O Governo português determina que cessem as restrições ao consumo de energia eléctrica, em vigor desde a Segunda Guerra Mundial.
1 de Março – O Fundo Monetário Internacional inicia as suas operações.
12 de Março - Presidente estadunidense Harry Truman, num dramático discurso ao seu congresso anuncia a Doutrina Truman e é iniciada a Guerra Fria.
21 de Abril - O meu pai escreve umas quadras à minha mãe
10 de Maio – Fundação da cidade de Maringá, no norte do Estado brasileiro do Paraná.
15 de Agosto – A Índia ganha a independência do Império Britânico. O Paquistão separa-se da Índia (Partição da Índia).
2 de Outubro - Fundação do Museu de Arte de São Paulo - MASP.
14 de Outubro - Ocorre a primeira quebra da barreira do som, na Califórnia - USA, no avião X1A comandado pelo piloto militar Chuck Yeager.
20 de Novembro - A Rainha Isabel II do Reino Unido casa com Filipe Mountbatten, Príncipe da Grécia e Dinamarca.
21 de novembro - Começa a Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Emprego, em Havana, Cuba.
29 de Novembro – A Assembleia Geral das Nações Unidas vota a divisão da Palestina entre árabes e judeus.
Ano de criação do Tio Patinhas.
Ano de criação da câmera Polaroid.
Theodor Adorno e Max Horkheimer finalizam, em solo norte-americano, a obra Dialética do Esclarecimento.
Ano da criação da arma AK-47.


13 comentários:

Marta Vasil disse...

Um poema que tocou no meu peito (hoje muito sensível), uma prece/oração, uma manifestação e um amor lindo.
Acreditar deverá ser a palavra/sentir de cada acordar, assim como viver intensamente cada momento com a Isabelita.
Do pai para a mãe... também notória a imensa ternura e amor.
Um beijo para si e para a Isabelita.

Laurita disse...

Olá António, fiquei com lágrima no olho e nó na garganta. Hoje tenho dificuldade em comentar. A nostalgia das palavras passa de geração em geração. Os actos sucedem-se e não há dúvida que há a partida, mas há sempre algo que fica. Quanto ao seu poema, que nessa semente da paixão esteja a cura para a sua diva do amor. Beijócas com muito carinho.

Sonia Schmorantz disse...

Um poema que é prece, uma prece de amor!
abraço, ótimo domingo

direitinho disse...

Cantar o amor é arte de todos os tempos e todos os que amam e vivem a vida em plenitude.
Nem todos tem a arte de transcrevê-la como fez o seu pai.
O António já herdou uma parte poética muito apaixonada.
Um abraço com muita vida enquanto a vida não nos maltrata.

Caterina disse...

Querido amigo,
l'amore é eterno ed é il sentimento piú bello e forse piú santo della vita.
Sono commossa vedendo e leggendo il tuo post.Una frase latino, un po' trita ma vera dice: "omnia vincit amor"
Vi penso tantissimo. Mando tanti bacini a te ed alla cara dolce Isabellina:
Kati

FOTOS-SUSY disse...

OLA ANTONIO, EXTRAODINARIO POEMA...COM MUITA SESIBILIDADE E AMOR...VOTOS DE UMA OPTIMA SEMANA!!!
BEIJOS DE AMIZADE,


SUSY

Ana Paula disse...

Olá, António :)

Fico comovida com a imensa ternura que subjaz a estas poesias, suas e do seu pai.

Deixo as minhas palavras escassas, mas sinceras: força e coragem. Votos de rápidas melhoras.

Um abraço aos dois.

EternaApaixonada disse...

Algum tempo ausente, mas sempre me lembro do amigo sensível e gentil!
Passo hoje para admirar seu blog que segue muito lindo, com profundidade poética e sensibilidade humana!
Esses minutinhos aqui me reabasteceram para o início da semana, que espero seja feliz para todos!
Abraço amigo e minhas saudades.

Fragmentos Betty Martins disse...

._______querido amigo António





"OUTROS TEMPOS/OS MESMOS GESTOS"



.na verdade assim o é_______...





________tenho a certeza que vencedora será_____vencedores serão os meus queridíssimos amigos

"o pó d'esperança______fortalecido e abençoado com o pó d'amor...







______________///










beijO_______ternO

graciete disse...

Amigo amor é amor, seja ele passado, presente ou futuro.
Quando ele é verdadeiro vindo do coração, não há tempestades que o impeçam de seguir a sua rota. E que o seu vá alimentando e dando bastante ânimo à sua Princesa.
Daqui deste lado fica o verdadeiro desejo de rápidas melhoras, beijinhos de luz nos corações de ambos

manuela baptista disse...

se em quadras me revejo
envio daqui uma flor
com um coração que invejo
não lhe faltará amor

António

aqui por casa, as quadras (e não só) também têm tradição!

É muito bonito os filhos guardarem os tesouros dos pais e de vez em quando abrirem a caixinha.

Outros tempos, os mesmos gestos não é?

Um abraço

Manuela Baptista

Contracena disse...

Caro António, vou enviar-lhe uma mensagem via "facebook".

Amor é, foi e será sempre amor!

Um abraço.
Fátima.

Humana disse...

O amor não tem tempo!
Rezo e espero que chegue o dia em que possam gozar o vosso amor em pleno com alegria.
Muita coragem querido António e um beijo cheio de carinho para ti e para a Isabel.

digital clock


Myspace Clocks, Digital Clocks at WishAFriend.com

LISTA COM ALGUMA MÚSICA PREFERIDA


MusicPlaylistRingtones
Create a playlist at MixPod.com

Pesquisar este blog

Carregando...

STATCOUNTER

ESTES PRÉMIOS/SELINHOS FORAM ELABORADOS PARA OFERECER A TODOS OS QUE FAZEM O FAVOR DE ME VISITAREM

ESTES PRÉMIOS/SELINHOS FORAM ELABORADOS PARA OFERECER A TODOS OS QUE FAZEM O FAVOR DE ME VISITAREM

OS PRÉMIOS/SELINHOS QUE TIVERAM A GENTILEZA DE ME OFERECEREM

OS PRÉMIOS/SELINHOS QUE TIVERAM A GENTILEZA DE ME OFERECEREM
ESTÃO A SER TRANSPORTADOS PARA O "TENTATIVAS II"

A NOSSA AMIGA ADRIANA MARQUES. LINDA!!!

DO BLOGUE DA SONIA SILVINO

Create your own banner at mybannermaker.com!

OBRIGADO E PARABÉNS MARINEIDE

PARABÉNS ODETE DAN

PARABÉNS ODETE DAN
MUITAS FELICIDADES

OBRIGADO MARINEIDE DAN RIBEIRO

OBRIGADO MARINEIDE DAN RIBEIRO
Oferta gentil de http://gregapoemas.blogspot.com

DA LINDA POETISA E AMIGA MARI AMORIM

DA LINDA POETISA E AMIGA MARI AMORIM
Muito obrigado, linda Mari

Minha lista de blogs

Quem sou eu

Minha foto
Já lá vai o tempo do "Currículo"... Espiritualista (estudioso, mas não fanático). Voluntariado